Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
História Home > História > O Brasil Republicano: O tempo do liberalismo oligárquico – Da Proclamação da República à Revolução de 1930 (Vol. 1)
O Brasil Republicano: O tempo do liberalismo oligárquico – Da Proclamação da República à Revolução de 1930 (Vol. 1)
Autor: Jorge Ferreira (org.), Lucilia de Almeida Neves Delgado (org.)
EAN: 9788520013571
Gênero: História
Coleção: O Brasil Republicano
Páginas: 450
Formato: 16 x 23 x 2,4
Editora: Civilização Brasileira
Preço: R$ 82,90
   

A importante coleção O Brasil Republicano retorna às livrarias com edição revista e volume inédito.

Nas primeiras décadas do século XXI, temas como democracia, cidadania e República surgem, em diferentes interpretações, como dilema e desafio que a sociedade brasileira enfrenta no cotidiano. Partilhando dessas preocupações, planejamos e organizamos a coleção O Brasil Republicano, em cinco volumes: O tempo do liberalismo  oligárquico (edição revista), O tempo do nacional-estatismo (edição revista), O tempo da experiência democrática (edição revista), O tempo do regime autoritário (edição revista) e O tempo da Nova República.

Este primeiro volume da coleção O Brasil Republicano trata da Primeira República. Novos padrões culturais, sobretudo a febre modernizante, acompanharam a Proclamação da República. Dizendo-se liberal, o novo regime privilegiava as oligarquias. Eclodiram rebeliões lideradas por elites políticas insatisfeitas, tanto civis quanto militares. Surgiram também movimentos revoltosos entre a população empobrecida, no campo e na cidade, causando sérios problemas aos governantes. Artistas e intelectuais, igualmente descontentes, buscaram elaborar uma estética própria. Ao fim, diante de tantas contradições e conflitos, a Primeira República, liberal e oligárquica, ruiu em outubro de 1930.

Reúne textos de: Cláudio H. M. Batalha, Elio Chaves Flores, Francisco Doratioto, Jacqueline Hermann, Jaime Larry Benchimol, José Miguel Arias Neto, Margarida De Souza Neves, Maria Efigênia Lage de Resende, Marieta de Moraes Ferreira, Mário Cléber Martins Lanna Júnior, Monica Pimenta Velloso e Surama Conde Sá Pinto.

Jorge Ferreira (org.)



Tenentes: A guerra civil brasileira
Pedro Doria
R$ 52,90

Memória afetiva do botequim carioca (Capa dura)
José Octavio Sebadelhe e Pedro Paulo Thiago de Mello
R$ 77,90

Cowboys do asfalto
Gustavo Alonso
R$ 82,90


Jorge Ferreira autografa "João Goulart: uma biografia"
São Paulo/SP
31/08/2011
Saiba mais