Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Ciências Sociais Home > Ciências Sociais > A dominação masculina (Ed. Bolso)
A dominação masculina (Ed. Bolso)
Autor: Pierre Bourdieu
Título Original: La Domination Masculine
Tradutor: Maria Helena Kühner
EAN: 9788577993727
Gênero: Ciências Sociais
Páginas: 176
Formato: 12 x 18 cm x 0,7 cm
Editora: Edições BestBolso
Preço: R$ 27,90
   

A CONDIÇÃO FEMININA E A VIOLÊNCIA SIMBÓLICA

Antropólogo, sociólogo e professor da Universidade de Paris III/Sorbonne-Nouvelle,  Pierre Bourdieu analisa a dominação masculina que sobrevive na sociedade atual e nos faz refletir sobre o tema com uma postura crítica indispensável. Sempre questionador e polêmico, Bourdieu inverte a relação causa-efeito, afirmando que esta dominação não é biológica, mas uma construção arbitrária do biológico que fundamenta as divisões sexuais aparentemente espontâneas. Recorre à história das mulheres para mostrar que há mecanismos que podem contribuir para a exclusão feminina, provando que Família, Escola, Igreja e Estado ratificam a ordem social preponderante. E por fim provoca: será possível neutralizar todos os mecanismos que fazem da dominação masculina algo “natural” em nossa sociedade?

 

·     “Sempre vi na dominação masculina, e no modo como é imposta e vivenciada, o exemplo por excelência desta submissão paradoxal, resultante daquilo que eu chamo de violência simbólica, violência suave, insensível, invisível a suas próprias vitimas, que se exerce essencialmente pelas vias puramente simbólicas da comunicação e do conhecimento.” – Trecho do Preâmbulo

Pierre Bourdieu

Pierre Bourdieu (1930-2002) foi um renomado sociólogo ...



Corpos em aliança e a política das ruas: Notas sobre uma teoria performativa de assembleia
Judith Butler
R$ 52,90

Cadeia: Relato sobre mulheres
Debora Diniz
R$ 34,90

A origem da família, da propriedade privada e do Estado (Ed. Bolso)
Friedrich Engels
R$ 27,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais