Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Guerra Home > Guerra > Uma guerra sem igual: Como atenienses e espartanos lutaram na Guerra do Peloponeso
Uma guerra sem igual: Como atenienses e espartanos lutaram na Guerra do Peloponeso
Autor: Victor Davis Hanson
Título Original: A war like no other
Tradutor: Maria Lúcia de Oliveira
EAN: 9788501078292
Gênero: Guerra
Páginas: 518
Formato: 16 x 23 cm
Editora: Record
Preço: R$ 89,90
   

Exímio historiador militar, Victor Davis Hanson nos tem propiciado descrições meticulosas e inovadoras de guerras ocorridas desde a antiguidade clássica até o século XXI. Em Uma guerra sem igual, o escritor dá substância a um conflito de 30 anos a fim de torná-lo mais humano e, assim, permitir que a guerra seja mais do que uma remota luta de uma era distante.

Ao longo de quase três décadas, há 2.400 anos, as cidades-estados helênicas de Atenas e Esparta envolveram-se em um conflito sangrento que resultou no colapso de Atenas. Embora o número de escritos sobre essa guerra seja vasto, Victor Davis Hanson nos oferece uma abordagem nova. De maneira cronológica, ele faz um relato completo que reflete os antecedentes políticos da época, trazendo também uma importante compreensão de como esses acontecimentos ecoam nos dias atuais.

O autor retrata como atenienses e espartanos lutaram na terra e no mar, em cidades e áreas rurais, e detalha o emprego de amplo escopo de táticas, desde sítios até assassinatos planejados, tortura e terrorismo. Também avalia os papéis cruciais desempenhados por guerreiros como Péricles e Lisandro; artistas como Aristófanes; e filósofos como Sófocles e Platão.

A perceptiva análise de eventos e personalidades sugere muitas questões sobre as quais vale à pena refletir: foram Atenas e Esparta como os Estados Unidos e a União Soviética, dois superpoderes que lutaram duramente? A Guerra do Peloponeso teria ecos nos intermináveis e frustrantes conflitos no Vietnã, na Irlanda do Norte e no atual Oriente Médio? Ou teria sido mais semelhante à própria Guerra Civil americana, uma ruptura brutal que desfez o tecido de uma sociedade gloriosa, ou mesmo à cisma do presente século entre liberais e conservadores, uma guerra cultural que manifestamente controla políticas militares?

Victor Davis Hanson

Victor Davis Hanson é doutor em história clássica ...



13 horas: Os soldados secretos de Benghazi
Mitchell Zuckoff
R$ 52,90

The Pacific: o inferno a um oceano de distância
Hugh Aldersey-Williams
R$ 104,90

Perdidos em Shangri-La
Mitchell Zuckoff
R$ 79,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais