Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Suspense Home > Suspense > Mentiras fatais
Mentiras fatais
Autor: Frank Tallis
Título Original: Fatal lies
Tradutor: Vera Ribeiro
EAN: 9788501083500
Gênero: Suspense
Coleção: Os casos de Liebermann - aventuras de um detetive freudiano
Páginas: 406
Formato: 16x23
Editora: Record
Preço: R$ 79,90
   

Ciência forense, psicanálise e criminologia. Seria coincidência as três terem surgido exatamente na mesma época? Para o psicanalista Frank Tallis, uma das maiores autoridades em neurose obsessiva do Reino Unido, elas estão muito mais ligadas do que parece. “Há muitos traços comuns que ligam o trabalho detetivesco e a psicanálise. Em termos fundamentais, Sigmund Freud e Sherlock Holmes estavam no mesmo ramo”, argumenta. Inspirado em ambos, Tallis criou um detetive capaz de unir suas principais características para solucionar os mais intrincados mistérios.

Foi assim que surgiu a série Os casos de Liebermann – Aventuras de um detetive freudiano, sucesso de público e crítica. São romances policiais ambientados em Viena, entre 1902 e 1914, que se desenvolvem paralelamente à verdadeira história da psicanálise. Em Mentiras fatais, terceiro volume da coleção, a conservadora sociedade austríaca recebe com choque a notícia da misteriosa morte de um cadete da tradicional escola militar São Floriano. Apesar dos esforços da polícia, sob o comando do inspetor Oskar Rheinhardt, é impossível determinar as causas da fatalidade, e tudo parece indicar uma morte natural.

Rheinhardt, porém, desconfia do contrário, e, apesar da relutância inicial de seu superior, consegue uma autorização para continuar a investigar. E chama, então, seu amigo — e discípulo de Freud — Max Liebermann para ajudá-lo. No entanto, o silêncio e o segredo, assim como a busca por poder, faz parte dos alicerces da instituição militar. E é cada vez mais difícil arrancar depoimentos sinceros de alunos e professores. Abrindo caminho com muita paciência e dedução, Rheinhardt e Liebermann descobrem um grupo de alunos, com certo pendor para o sadismo e jogos perigosos.

Mas eles não são os únicos suspeitos: a vítima era convidada constante da jovem esposa do diretor. Ao mesmo tempo em que relacionamentos secretos são descobertos, Liebermann vê sua situação amorosa se complicar ainda mais ao conhecer a misteriosa violinista húngara Trezska Novak. Mais uma vez, nada é o que parece e Liebermann mergulha no mundo da espionagem. E precisa fazer escolhas que podem ameaçar a estabilidade de todo Império Habsburgo.

“Tallis é excepcionalmente habilidoso.” - Washington Post

Frank Tallis

Frank Tallis é escritor e trabalha como psicólogo ...



Algo sinistro vem por aí
Ray Bradbury
R$ 44,90

A colina escarlate
Nancy Holder
R$ 49,90

A fazenda
Tom Rob Smith
R$ 54,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais