Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Biografia/ Memória Home > Biografia/ Memória > EU NUA
EU NUA
Autor: Odete Lara
EAN: 9788501063052
Gênero: Biografia/ Memória
Páginas: 336
Formato: 14X21
Editora: Rosa dos Tempos
Preço: R$ 64,90
   

EU, NUA inicia a trilogia autobiográfica de Odete Lara. Musa do cinema nacional, com este livro Odete realiza um verdadeiro strip-tease psicológico e conta os detalhes da sua infância humilde, o começo de sua carreira no teatro e na televisão e os muitos amores de sua vida. Publicado originalmente em 1975, EU, NUA inspirou o filme Lara, de Ana Maria Magalhães, que estará nos cinemas em agosto de 2002, com Caco Ciocler e Christine Fernandes nos papeis principais. Odete Lara causou furor nos anos 50 e além de incendiar as fantasias eróticas do público que a viu em papéis como a Guigui, de Boca de Ouro (versão de Nélson Pereira dos Santos para a obra de Nélson Rodrigues) foi também uma brilhante atriz. Trabalhou com os maiores diretores do país, como Anselmo Duarte, Walter Khouri e Glauber Rocha. Bela, adorada e desejada, atriz e cantora de sucesso, Odete buscou no sexo e nas drogas o absoluto que a compensasse das tragédias pessoais. O suicídio da mãe, do pai, uma instável vida pessoal, tudo isso a marcou até o limite do desespero. EU, NUA é o relato visceral de uma vida. Odete encontrou no budismo a salvação, um caminho para aceitar e compreender seus dramas pessoais. “No budismo, encontrei respostas a muitas perguntas que antes não conseguia entender”, declara a autora. O caminho escolhido por Odete a levou a se afastar da glória do cinema e dos benefícios materiais do trabalho de atriz. EU, NUA, de Odete Lara, é raro exemplo do uso de completa franqueza. Em linguagem simples, chocante e direta conta absolutamente tudo sobre sua acidentada viagem existencial até o encontro de si própria. Confessa, porém, que hesitou bastante antes de se decidir a publicar sua história: “Escrever foi uma necessidade. E publicar? De que vale dissecar minha vida e expô-la aos outros?” Acabou por se convencer de que valia a pena fazê-lo. EU, NUA nos guia por uma saga apaixonante de uma bela mulher que se desnuda de artifícios, conveniências e segredos, depois de sofrida infância, de perigosa exploração de seus encantos físicos no esplendor da juventude, e do doce perfume do sucesso profissional, para revelar-se em plenitude. Um das mais importantes atrizes do cinema brasileiro, Odete Lara é autora dos livros autobiográficos Eu nua (1975), Minha jornada interior (1990) e Meus passos em busca da paz (1995), que narram a sua trajetória como atriz e sua busca por valores que a fama e o aplauso não lhe trouxeram. Atualmente, trabalha como tradutora, principalmente das obras de Thich Nhat Hanh, monge e renomado pacifista mundial, com quem estudou na Califórnia.

Odete Lara
...


Querido Mundo: A história de guerra de uma menina síria e sua busca pela paz
Bana Alabed
R$ 29,90

Sou dessas: Pronta pro combate
Valesca
R$ 34,90

Bowie
Wendy Leigh
R$ 59,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais